14 junho, 2010

Num pensamento distante

video

Num pensamento distante apetece-me escrever. O coração bate, bate tão fortemente que parece querer saltar. Oiço esta música e sinto. Sinto com uma intensidade que nunca antes sentira. A vontade de querer sorrir, a vontade de querer abraçar o Mundo, a vontade de ser Feliz, a vontade de Viver. Todos estes sentimentos, todos estes desejos deliciam os meus dias.
Que delícia estar viva! Que delícia ser quem sou! Que delícia ter a melhor família do mundo! Que delícia ter os melhores amigos do mundo!
Um dia estive tão perto do abismo. Que abismo escuro, vazio, sombrio e distante da realidade. Neste mundo o verbo sobreviver não era recebido com a importância que merecia; era apenas ouvido como um eco distante... muito distante. Senti grande tristeza, angustia, ansiedade! A dor era imensamente forte e o sofrimento tão grande que a cada dia que passava parecia que o meu coração, cada vez que batia, batia em vão. Pensamentos maus consumiam o meu ser, mas a minha sede lutava pela esperança retida no meu peito. Esperança esta que inconscientemente permanecia em mim. As recaídas, as lágrimas eram exactamente o símbolo disto mesmo, eram o símbolo desta esperança não querida.
O pensamento é o grande segredo. Pensar positivo ajudou-me a recuperar a vontade de sorrir.
Olhei em meu redor e senti o quanto estava a ser injusta. Injusta comigo própria e injusta com quem estava a meu lado. Os momentos difíceis são nada mais do que desafios que a vida nos coloca para sermos capazes de enfrentar, contornar e aprender. Mais uma vez digo e repito «aprender»! Nada melhor do que pensar positivo e (resolver) encarar as situações complicadas com um sorriso no rosto e aceitá-las como mais uma forma de aprendizagem e crescimento.
Hoje sou melhor que ontem e amanhã serei melhor que hoje, pois todos os dias a vida nos oferece surpresas que nos fazem crescer enquanto indivíduos, enquanto cidadãos, enquanto humanos. Eu sou humana, por isso sinto, penso, actuo e também erro. Erro muito até, mas é exactamente este o caminho que se tem de percorrer para sermos melhores pessoas e conseguirmos dar o devido valor a tudo o que temos.
À minha família, aos meus amigos agradeço tudo o que por mim e de mim têm feito. Hoje estou feliz e sorrio com vontade de vos ver sorrir comigo. Hoje olho para as cores com a enorme vontade de abraçar o mundo, este mundo ligado a uma natureza extraordinariamente bela e paisagens inexplicavelmente inspiradoras.

Penso, por isso sorrio, logo Vivo!

RN

12 junho, 2010

Pensamento do dia

Be Proud of What You Are!

RN

Vencemos!


A vida é decididamente uma caixinha de surpresas. Oh se é! Sejam elas boas ou más, elas acontecem mesmo sem nós suspeitarmos, nem que seja para nos fazer alterar os planos ou apenas para nos fazer perder tempo.
Esta foi das semanas mais importantes da minha vida e para a minha vida. Aprendi tanto, senti tanto! Sem dúvida que mudei a minha forma de estar, de pensar, de sentir, de acreditar. Hoje dou um valor único à família. Não que antes não o desse, mas hoje tudo é muito mais forte, mais nítido, mais valioso.
Como eu Amo o meu pai, a minha mãe, o meu irmão, o meu sobrinho e a minha querida e linda irmã. Há coisas que se vivem que são impossíveis de se explicar, há coisas que se ultrapassam que simplesmente são impossíveis de se descrever. Mas a força, a fé e a união são a grande arma de luta. Vencemos! E vamos continuar a vencer!
As saudades de ouvir a sua voz, de olhar nos seus olhos e ver/sentir a pessoa linda que é. Que saudades do seu sorriso, do seu toque, da sua atenção, do seu abraço, do seu amor. O dia mais feliz da minha vida foi exactamente quando tive tudo isto de volta. Que força! Que coragem! Que união! Unidos no amor conseguimos vencer o pior dos pesadelos. Hoje estás connosco e hoje estamos juntos e mais unidos que nunca.
Agradeço a Deus e a toda a minha família por hoje ser quem sou, por ter o que tenho e por fazerem parte de mim. Não há nada pior que o sentimento de perda e de incapacidade, mas hoje posso dizer que tudo é realmente possível: nada está perdido enquanto houver esperança, amor e vontade de vencer.
No maior dos sofrimentos, aprendi que, de facto, existem pessoas tão infelizes que não suportam ver a felicidade dos outros. Contudo, o que importa é que a felicidade, unida por um Amor inexplicável, é a heroína da Vida. À infelicidade só lhe resta a rendição, porque nada pode vencer o sentimento mais puro e mais verdadeiro que é o Amor de Família. Dramático? Não! Simplesmente verdade.

Amo-vos minha Família perfeita!

RN